You are currently browsing the monthly archive for outubro 2009.

3063518595_ab2ec32837Boa parte das pessoas sonha com o momento de aposentar-se e dar adeus definitivamente ao trabalho. No entanto, essa vontade pode não ser a melhor opção à saúde. Uma pesquisa divulgada na edição de outubro da publicação Journal of Occupational Health Psychology, da Associação Americana de Psicologia, afirma que os aposentados que apostam em um emprego de transição desenvolvem menos doenças em relação aos que param completamente.

Para chegar a essa conclusão, Mo Wang, da Universidade de Maryland, e seus colegas analisaram os dados de 12.189 pessoas, com 51 a 61 anos no início do estudo. Todos foram entrevistados, a cada dois anos durante um período de seis anos, sobre saúde, finanças, trabalho e vida de aposentado.

Os pesquisadores levaram em conta problemas como hipertensão, diabetes, câncer, doenças pulmonares e cardíacas, derrames e distúrbios psiquiátricos. Os resultados mostraram que os que se mantiveram ativos com funções temporárias ou de meio período apresentaram menos índices dessas patologias quando comparados aos totalmente aposentados.

A avaliação também constatou que quem seguiu atividades relacionadas à sua carreira anterior estava melhor mentalmente do que aqueles que apostaram apenas em descansar. No entanto, os participantes que se aventuraram em outro ramo não apresentaram melhorias. Isso pode acontecer por conta do estresse gerado pela necessidade de adaptar-se a um ambiente ou condições de trabalho diferentes.

Wang verificou que os aposentados com problemas financeiros são mais propensos a entrar em um campo diferente. “Em tais situações, é difícil para os aposentados usufruírem dos benefícios que vêm com o emprego ponte (de transição)”, disse ao site Science Daily.

Fonte: http://saude.terra.com.br/interna/0,,OI4041418-EI1497,00-Pessoas+que+trabalham+depois+da+aposentadoria+sao+mais+saudaveis.html

 

 Consultório
Rua Martiniano de Carvalho, 864 – Cj 907
Bela Vista
Próx. ao Metrô Vergueiro (200m.) e Shop. Paulista (200m.)
São Paulo
Fone: (11) 3481-0197
E-mail: psicoclinicas@yahoo.com.br

Site: http://sites.google.com/site/psicoclinicas/