You are currently browsing the monthly archive for dezembro 2008.

stressedepressao

A depressão é uma doença afetiva ou de humor, compromete o físico, o humor e o pensamento. O quadro de depressão varia de acordo com a personalidade do indivíduo deprimido, e seus sintomas também variam de pessoa para pessoa, para alguns a depressão se manifesta sem tristeza, sem desânimo e sem choro, enquanto, para outros ela se apresenta sob a forma típica, com tristeza, choro e apatia. Outros ainda podem apresentar sintomas físicos e assim por diante. Crianças deprimidas, em geral, costumam ir mal na escola, ficam rebeldes, irritadas e não se mostram tristes. Embora em todos os casos haja depressão, não se pode comparar sintomas. O estar esgotado pode ser também uma outra forma da Depressão pois é sentir-se sem disposição, energia e capacidade de adaptação para continuar dia após dia a enfrentar os mesmos problemas corriqueiros, falta disposição para enfrentar a monotonia e a constância da vida, para continuar à fazer as mesmas coisas, para suportar as mesmas pessoas, etc.

A pessoa deprimida não quer mais saber das coisas da vida nem da vida dos outros, não se anima mais com aquilo que antes era interessante.
Outro sintoma marcante é a auto-estima, deprimido sempre se vê pior do que os outros ou bem pior daquilo que gostaria de ser. Na depressão a pessoa vê-se péssima, chata, incompetente, etc. Também são negativas suas perspectivas de vida, seu futuro, suas doenças que serão descobertas, a sensação de que a pobreza sem dúvida virá, sua idade e assim por diante. Além da má idéia que de si, ele sofre também com a idéia sobre aquilo que os outros estarão certamente pensando dele. Normalmente acha que os outros estão fazendo um mau juízo sobre sua pessoa.

Características:
– Angústia

– Alteração do sono (insônia)

– Ansiedade

– Tristeza

– Desânimo

– Apatia

– Desinteresse

– Irritabilidade

– Pensamento lento e trabalhoso

– Diminuição da memória

– Dificuldade para resolver problemas antes considerados fáceis

– Tendência à pensamentos negativos

– Pessimistas

– Insegurança

– Auto-estima baixa

– Impotência sexual ou frigidez (falta de energia para o sexo)

Tratamento:
O tratamento consiste num trabalho conjunto entre psicólogos e médicos (psiquiatras). O psiquiatra realizará o acompanhamento medicamentoso, através do uso de anti-depressivos, que são substâncias específicas para a correção do humor ou do afeto; enquanto o psicólogo irá trabalhar com a terapia, auxiliando na adaptação e aceitação ao medicamento, recuperação da auto-estima, insegurança, tristeza, angústia, ansiedade, entre outros.

 

Consultório
Rua Martiniano de Carvalho, 864 – Cj 907
Bela Vista
Próx. ao Metrô Vergueiro (200m.) e Shop. Paulista (200m.)
São Paulo
Fone: (11) 3481-0197
E-mail: psicoclinicas@yahoo.com.br
Site: http://sites.google.com/site/psicoclinicas/

depressao011

Tentar descobrir se a depressão é desencadeada, primariamente, por motivos químicos ou psicológicos, é o mesmo que perguntar se o ovo veio antes da galinha. Na verdade, tanto a química cerebral altera nossas emoções quanto é alterada por elas”.

Existem dois tipos básicos de depressão: a reativa, isto é, aquela provocada por um grande sofrimento ou trauma, e a sistêmica ou crônica, isto é, aquela que surge, aparentemente, sem motivo.

“Mas, em geral, mesmo não seja óbvia nem aparente, há alguma causa psicológica na raiz de uma depressão. Muitas vezes, a pessoa nem lembra o motivo, mas, na terapia, acaba identificando a causa e encontrando o caminbo da cura. Além disso, também é preciso reconhecer que as pessoas têm níveis diferentes de resistência ao sofrimento.”

O entendimento de como as doenças se instalam no organismo ainda é, em certo sentido, um mistério. E, no caso da depressão, esta questão é ainda mais difícil, pois trata-se de uma doença que está no limiar entre o físico e o mental. “Acredito que a compreensão da depressão passe pela aceitação do fato de que não há como separar o corpo da mente”.

Fonte: http://saude.terra.com.br/interna/0,,OI616693-EI1712,00.html

Consultório
Rua Martiniano de Carvalho, 864 – Cj 907
Bela Vista
Próx. ao Metrô Vergueiro (200m.) e Shop. Paulista (200m.)
São Paulo
Fone: (11) 3481-0197
E-mail: psicoclinicas@yahoo.com.br
Site: http://sites.google.com/site/psicoclinicas/